Restaurantes de Lisboa

TwitterEmailShare

Restaurantes Lisboa

Uma dica útil para poupar dinheiro: aqui no Lisboando utilizamos a MYGON para encontrar promoções e descontos em restaurantes.

Para nós esta plataforma é BRUTAL por duas razões principais: não só a lista está sempre em crescimento e actualização, como não temos de imprimir vouchers: escolhemos a campanha, reservamos grátis e pagamos no local… querem melhor?! VEJAM AQUI os descontos

Onde comer em Lisboa?

Partilhamos nestas páginas muitas sugestões para quem quiser comer bem em Lisboa: restaurantes baratos, mais caros e para vários tipos de gostos, seja gastronomia tradicional portuguesa, indiana, chinesa, italiana, fusão, etc.

Aqui partilhamos a nossa lista de restaurantes recomendados em Lisboa, com a devida informação útil (descrição e/ou review, preço médio, localização, mapa e muito mais).

Gastronomia de Lisboa

Lisboa conta com uma gastronomia variada que vai desde a comida típica portuguesa até à cozinha internacional, apresentando em geral preços baratos relativamente ao resto da Europa, sendo possível encontrar cozinhas de qualidade excelente (e a preços acessíveis) desde que se saiba onde ir.

De resto, o que é servido na maior parte dos restaurantes de comida típica assenta maioritariamente em carne e peixe: há os tradicionais bitoque (bife de vaca com ovo estrelado, ovo, batata frita e arroz), vários mariscospeixes grelhados (é difícil não encontrar peixe fresco: dourada, salmão, robalo, peixe-espada, sardinha, carapau, etc.), e pratos típicos como bifes de peru com cogumelos, arroz de marisco, carne de porco à Alentejana, feijoadas, frango de caril (ou “à passarinho”, bem bom), o famoso “pica-pau”, espetadas de perú, entre muitos outros pratos deliciosos.

Para comer algo rápido, há três sandes (sandwich) bem típicas e que por vezes geram confusão. O que leva o prego e a bifana? Algumas pessoas baralham-se porque são idênticos: ambos são basicamente carne no pão. No entanto, o prego leva vaca e a bifana leva carne de porco. O terceiro elemento é a famosa sandes de leitão. De resto também há sandes de panado, de ovo estrelado, etc.

Outra solução é são os kebabs, sobretudo no – e em redor do – Martim Moniz, tal como na zona histórica. É difícil apontar um favorito mas tanto pela sua qualidade e longevidade, a cadeia Ali Babá é uma escolha acertada. E se tiver sorte e andar no bairro certo, encontrará outros negócios de comida “rápida” mas de qualidade, como por exemplo o Primo Basílico.

Quanto custa comer em Lisboa?

Uma refeição completa que inclua entrada, prato, bebida, sobremesa e café ronda os 10-15 Euros por pessoa. No entanto, existem muitas opções mais baratas. E para que não hajam dúvidas, as páginas de restaurantes em Lisboa incluem os preços médios por pessoa, morada, mapa e como chegar, se é restaurante com espaço para fumadores, entre outras informações úteis. Se encontrar dados desactualizados / incorrectos, por favor contacte-nos.

Nota: ao sentar-se à mesa de um restaurante, é costume que lhe tragam alguns petiscos para a mesa (e.g. pão, manteiga, azeitonas, etc.). Regra geral, esta gentileza não é cortesia da casa: terá de pagar o que consumir. Se não quiser nada, o melhor mesmo é informar quem o/a atende.

Ver lista de restaurantes

No Lisboando encontrará todo o tipo de espaços: dos que poderão não transmitir grande confiança à partida (até ao momento em que provamos a comida), passando pelos mais habituais/típicos (como as “tascas”), cozinhas de outros países e cozinha de autor.

Quais são os melhores restaurantes em Lisboa?

O “melhor” é muito relativo. Depende do orçamento e preferências de cada um, do ambiente do restaurante, se admite fumadores, se tem opções vegetarianas, etc. Pelos motivos acima é-nos francamente difícil definir quais os melhores restaurantes de Lisboa. No entanto, e para ajudar à escolha de cada um, é possível avaliar cada restaurante no site, dividindo a avaliação em vários factores: a comida em si, o ambiente, relação preço-qualidade, o atendimento e a higiene geral do espaço. Com isto torna-se um pouco mais fácil definir esse “melhor” restaurante.

Tentemos, no entanto, uma aproximação a algumas preferências…

Restaurantes de Fado

Estilo musical incontornável de Lisboa e de Portugal, considerado Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, há que ir ouvir uns Fados ao vivo nem que seja uma vez na vida! Para mais informações e recomendações das melhores Casas de Fado em Lisboa, visite a página abaixo:

Comida típica e barata

Para algo com comida tradicional de Lisboa, de boa qualidade e do mais barato que há, poderá visitar tanto a Casa da Índia como o Príncipe do Calhariz, ambos na zona histórica central da cidade, e mesmo ao lado do Chiado e do Bairro Alto… onde comer em Lisboa acaba por ser uma decisão fácil e simples, se estivermos minimamente orientados.

Outros restaurantes baratos são os de comida típica e que se encontram por toda a cidade e arredores. Lugares como, por exemplo, a Pomba do Carmo, a Floresta de Santana, o Zé Varunca, Esquina da Fé, o Barracão de Alfama, a Parreirinha de S. Vicente, o Restaurante Panteão, etc. É muito bom que hajam tantos, só oxalá um dia consigamos tê-los todos publicados aqui!

Outro restaurante, o Espalha Brasas, é também uma boa opção para experimentar a gastronomia portuguesa, havendo outros de qualidade como a Bica do Sapato, Chapitô (um restaurante-bar-café com uma majestosa vista para o Tejo, bom serviço e qualidade) ou o Restaurante Império dos Sentidos.

Cozinha internacional e/ou fusão

Há também vários tipos de restaurantes com cozinha de fusão e cozinha internacional. Um dos italianos mais procurados é a Pizzeria Casanova ou o Luca. Em relação a cozinha japonesa, recomendamos o Bonsai, há a opção libanesa dos Fenícios, o Sabores de Goa ou o Natraj do Rato para fãs da comida indiana.

Para os vegetarianos e veganos, é muito complicado encontrar uma solução decente nos restaurantes típicos (a não ser que queiram comer batata cozida, salada ou uma porção de arroz…); infelizmente, ainda são hábitos alimentares não atendidos pela maior parte destes estabelecimentos.

Não obstante, há cada vez mais opções para vegetarianos e veganos em Lisboa: recomendamos, por exemplo, o Terra, os Tibetanos, o Jardim das Cerejas, o Paladar Zen, o PSI, o Oásis da Almirante Reis e o Princesa do Castelo. E, claro, a maior parte dos restaurantes asiáticos têm opções dentro do género.

Restaurantes Lisboa Lista de restaurantes de Lisboa

Recentemente actualizados

Ver todos os nossos restaurantes recomendados em Lisboa

Lista completa de restaurantes aqui

TwitterEmailShare

Comentários